O problema do sofrimento

5.00 de 5 baseado em 1 avaliação de clientes
(1 avaliação de cliente)

R$ 79,90

Autor: C. S. Lewis
Editora: Vida

A Biblioteca Ábaco é um espaço de empréstimo de livros, portanto, este é um livro usado que deverá ser devolvido.

Estado de conservação atual: Excelente

Obs.: Se o livro estiver “Fora de estoque”, significa que o mesmo está emprestado. Por favor, envie um e-mail para contato@abacodeletras.com.br indicando seu interesse e avisaremos quando o mesmo estiver novamente disponível (não fazemos reservas).

REF: 9788573678512 Categorias , Tags: , , ,

Descrição

Em O problema do sofrimento, o maior pensador cristão de nosso tempo trouxe à luz a complicada discussão sobre um dos temas mais difíceis do cristianismo — o sofrimento. Nos tempos de aflição, muitas são as perguntas que angustiam as pessoas em todo o mundo:

  • Por que sofremos?
  • Se Deus é bom e todo-poderoso, por que permite que suas criaturas sofram?
  • A aflição faz parte do plano divino para nosso aperfeiçoamento ou é simplesmente um capricho dele?

A leitura deste clássico ajudará você a manter uma postura adequada nos momentos de dor. A riqueza verdadeira dos filhos de Deus está em outro mundo e o único tesouro real é a presença inefável de Cristo.

C. S. Lewis (1898–1963) foi um dos gigantes intelectuais do século XX e tornou-se um dos mais influentes escritores cristãos. Foi professor da Universidade de Oxford e da Universidade de Cambridge. Suas valiosas contribuições nos campos da crítica literária, literatura infantil, literatura de ficção e teologia trouxeram-lhe notoriedade e prestígio.

Informação adicional

Peso 210 g
Dimensões 14 x 21 x 1 cm
Número de páginas

176

Autor

C. S. Lewis

Editora

Vida

Ano edição

2006

Título original

The problem of pain

Tradução

Alípio de Franca Neto

Acabamento

Brochura

ISBN

978-85-7367-851-2

1 avaliação para O problema do sofrimento

  1. 5 de 5

    Livro simplesmente maravilhoso!

Adicionar uma avaliação

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: